Tipicos erros quando se faz um currículo

Ao preparar um currículo, é importante ter em conta todos os aspectos que possam ser relevantes para o trabalho para o qual se está a candidatar. Embora por vezes se possa cair no erro de deixar de lado certos dados ou exagerar outros. Aqui estão alguns dos erros a evitar:

  • Não detalhar a experiência de trabalho: deve especificar o nome da empresa em que trabalhou, o cargo que ocupou, e o tempo que esteve a trabalhar. O tipo de trabalho realizado e as principais tarefas que estavam a cargo devem também ser mencionadas. Desta forma, o recrutador terá uma ideia do que fez no passado e se tem a experiência necessária para o cargo.
  • Incluir informação irrelevante ou sem importância: não inclua informações que não sejam relevantes para o cargo a que se candidata. Isto pode fazer com que o seu currículo pareça desorganizado e dificultar para o recrutador identificar o que realmente importa. É importante ser conciso e mencionar apenas o que é relevante para o trabalho.
  • Exagerar as competências e realizações: embora todas as aptidões e realizações devam ser mencionadas, não deve ser exagerado. Isto pode fazer com que o candidato pareça presunçoso e não fiável. É importante ser honesto e não cair na mentira. Desta forma, o candidato conseguirá demonstrar o que realmente sabe fazer e o recrutador conseguirá confiar nele.
  • Má ortografia e gramática: embora possa parecer um detalhe menor, uma má ortografia e gramática pode ser muito prejudicial. Isto pode fazer com que o candidato pareça descuidado e pouco profissional. É importante rever o seu currículo antes de o submeter para garantir que não existem erros ortográficos ou gramaticais.
  • Incluir informação pessoal: a inclusão de informação pessoal no currículo deve ser evitada. Isto inclui dados tais como idade, estado civil, religião, etc. Esta informação pode ser utilizada para discriminar o candidato e é melhor evitá-la. Se esta informação for incluída, deve ser feita de forma muito clara e concisa.
  • Fotografia: embora em alguns países seja habitual incluir uma fotografia no currículo, em outros não é necessário. Em geral, recomenda-se não incluir uma fotografia, uma vez que esta pode ser utilizada para discriminar o candidato. Se decidir incluir uma fotografia, deve certificar-se de que a mesma é profissional e não contém informações pessoais.

Está procurando emprego?

Está procurando emprego?